“Urbano”, do Multishow, mostra visita a Tóquio


Há três anos no ar – desde julho de 2007 -, “Urbano”, programa do Multishow apresentado por Renata Simões, saiu do circuito Rio-São Paulo, arrumou as malas e foi, literalmente, para o outro lado do mundo: Tóquio.

– O programa sempre foi muito baseado em São Paulo, com suspiros felizes no Rio de Janeiro. Essa foi nossa primeira viagem internacional e já de cara fomos para o Japão – comemora Renata, que tinha um sonho antigo de conhecer o país – Ficamos muito ansiosos. É tudo muito diferente. É uma outra realidade. Ao todo, são quase 30 horas de viagem.

Em um mês de gravação, a equipe do programa percorreu museus, restaurantes, sorveteria e, cafés em diversos bairros para mostrar o dia a dia na capital japonesa. Para dar mais veracidade ao resultado, Renata aprendeu um pouco da língua e foi viver como uma legítima cidadã local, alugando um apartamento de 20 metros quadrados.

– Senti na pele a dimensão do aperto em que eles vivem. No quarto, as coisas ficavam constantemente em cima da cama por falta de espaço e as roupas tinham que secar no banheiro.

Durante a temporada, que estreia na quarta-feira, dia 7, às 22h, e contará com 11 episódios na TV e grande parte do conteúdo disponível na internet, Renata apresenta matérias recheadas de detalhes curiosos de moradores e dos locais, que vão desde o Museu da Hello Kitty – onde é possível encontrar exclusivos suvenires da personagem – , até um estúdio de tatuagem de um brasileiro, que afirma que na cultura nipônica marcar o corpo com desenhos e escritas ainda é visto como um ato marginal, um hábito dos membros da máfia.

O roteiro da apresentadora incluiu ainda coffee shops como o Cat Café, onde gatos estão espalhados pelo salão para fazer companhia aos clientes, que podem pedir a bebida e escolher um bichano para botar no colo e afagar; o enorme e variado mercado de peixes e a Cidade do Sorvete de Tóquio, que apresenta sabores, digamos, diferentes, como de caviar, língua de boi, feijão e de cobra.

– É realmente tudo muito diferente. Os sorvetes são lindos, mas o gosto é horrível – confessa Renata, que se impressionou também com os hábitos de beleza dos japoneses e japonesas: – Aqui não são só as mulheres que se produzem, os homens andam totalmente montados, com maquiagem, e fazem até chapinha. Muitos deles são até mais preocupados com moda do que as mulheres.

REVISTA DA TV

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: