NESTE DOMINGO: DISCOVERY REAPRESENTA LONGA-METRAGEM “MATARAM IRMàDOROTHY”


DISCOVERY CHANNEL REAPRESENTA LONGA-METRAGEM

“MATARAM IRMÃ DOROTHY”

Caso volta à tona com a condenação de um dos acusados. Produção conta com narração de Wagner Moura e trilha sonora com canção-tema de Bebel Gilberto

 

No último dia 13 de abril, Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, foi condenado a 30 anos de prisão por participação no assassinato da Irmã Dorothy Stang. A condenação de Bida faz ressurgir a comoção vivida pelos brasileiros quando a Irmã, que dedicava seu trabalho ao desenvolvimento sustentável do povo na Amazônia, foi morta com seis tiros a queima-roupa, em 2005. As circunstâncias que levaram a sua morte brutal e o julgamento que se seguiu revelam a grande batalha travada pela exploração da Amazônia.

 

O Discovery Channel exibe novamente o filme MATARAM A IRMÃ DOROTHY (THEY KILLED SISTER DOROTHY) no domingo, 18 de abril, às 19h. O documentário desvenda os bastidores do processo que levou à condenação de Bida e a sucessão de eventos que resultou no assassinato da freira.

 

Por 30 anos, a Irmã Dorothy Stang trabalhou na Amazônia brasileira tentando melhorar a vida do povo local. Sua maneira de combater os problemas de desmatamento e pobreza foi o Projeto de Desenvolvimento Sustentável, ou PDS – trabalhadores locais eram instruídos a continuar suas atividades de uma maneira diferente, que não agredisse a floresta. Irmã Dorothy enfrentou oposição violenta por parte de poderosos madeireiros e rancheiros da região, e recebeu várias ameaças de morte. Mesmo ciente do perigo, continuou sua luta pelo bem dos mais pobres e da Amazônia.

 

Logo após sua morte brutal, o irmão mais novo de Dorothy, o também missionário David Stang, viajou ao Brasil em busca da verdade por trás do assassinato. Os produtores de MATARAM A IRMÃ DOROTHY viajaram com ele – o grupo identificou algumas pessoas-chave e descobriu uma trama complexa em torno do caso, fundamentada na exploração extrativista da floresta.

 

MATARAM A IRMÃ DOROTHY é produzido pelo premiado Nigel Nobel, com narração em português de Wagner Moura e, em inglês, do ator Martin Sheen. Os cineastas premiados Daniel Junge e Henry Ansbacher trabalharam em conjunto com uma equipe brasileira. MATARAM A IRMÃ DOROTHY apresenta a música, “Forever,” da cantora e compositora brasileira indicada ao Grammy, Bebel Gilberto. 

One Response to NESTE DOMINGO: DISCOVERY REAPRESENTA LONGA-METRAGEM “MATARAM IRMàDOROTHY”

  1. eu sou fotografó e minha vida e alegria quando estou fotografando pessoas como e bom fazer
    o que eu gosto de fotgrafar estou sempre feliz quando estou com uma maquina canon
    em minhas mãos a riqueza do homem esta em 3 palavra sinceridade verdade e honestidade

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: